Notícia LCS Advogados

Reconhecimento fotográfico de suspeito é prova precária, diz TRF-1


O fato de um suspeito ter sido reconhecido pela vítima por meio de fotografia é insuficiente para condená-lo, pois esse procedimento constitui prova precária e só deve ser adotado em casos excepcionais. Assim entendeu a 3ª Turma do Tribunal Regional Federal da 1ª Região ao absolver um homem acusa…
Fonte: Conjur